Brasil

Médica dança forró com paciente que se curou da Covid-19 e ficou quase 100 dias internado

Foto: Reprodução

A médica Isadora Mota comemorou a alta médica do paciente Elismário Amorim, de 54 anos, de forma inusitada. Depois de quase 100 dias de internação, para tratar um quadro de Covid-19, o marceneiro que chegou a ter 99% dos pulmões comprometidos dançou forró com a profissional.

Elismário recebeu alta médica na última sexta-feira (28). Ele foi internado no dia 24 de fevereiro de 2021, após testar positivo para o coronavírus. Durante este período, ele ficou 89 dias na unidade de terapia intensiva (UTI) e outros cinco na enfermaria do Hospital Ortopédico de Goiânia.

Confira a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta