Brasil

Membros de banda de pagode acusados de estupro pegam 10 anos de prisão

Redação..
Postado por Redação..

Oito ex-integrantes da Banda New Hit foram condenados a 10 anos e oito meses de prisão pelo estupro coletivo de duas adolescentes em 2012, na cidade de Ruy Barbosa, na Bahia. O julgamento foi realizado na Segunda Turma da Primeira Câmara Criminal do TJ-BA, em Salvador, nesta terça-feira (29).

Segundo informações da assessoria do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) publicadas pelo “G1”, os condenados ainda podem recorrer da decisão. Não foi divulgado se eles foram levados imediatamente para o presídio.

Dois suspeitos foram absolvidos pelo Tribunal de Justiça: Carlos Frederico Santos de Aragão, que à época do crime era segurança da banda, e Jeferson Pinto dos Santos, um dos ex-integrantes do grupo.

Os dez envolvidos no caso já haviam sido condenados a 11 anos e oito meses de reclusão em maio de 2015. Os réus entraram com recursos e aguardavam o julgamento em liberdade.

O caso

Segundo a denúncia do Ministério Público da Bahia (MP-BA), o crime aconteceu na madrugada do dia 26 de agosto de 2012, no centro da cidade de Ruy Barbosa, a 320 quilômetros de Salvador. Os integrantes da Banda New Hit teriam abusado sexualmente de duas adolescentes fãs da banda, ambas tinham 16 anos à época. Os suspeitos receberam as fãs para uma sessão de fotos no ônibus da banda.

Consta na decisão que, “tão logo começaram a posar para as fotos ao lado dos ídolos, as vítimas foram surpreendidas com atitudes libidinosas”. Ainda de acordo com a denúncia, o crime aconteceu mediante extrema violência, por repetidas vezes e em alternância, conjunção carnal e diversos atos libidinosos.

Além das duas vítimas e dos dez acusados, foram ouvidas 12 testemunhas de acusação e outras 53 de defesa.

Fonte: Noticias ao minuto

Comentários

comentários


1 Comentário

Deixe um comentário