Polícia

Menina de 11 anos é abusada sexualmente por porteiro em condomínio da Ponta Negra

A menor de idade está sob a guarda do Conselho Tutelar.
Redação
Postado por Redação

Joaquim Barbosa Barrozo, 35, foi preso em flagrante, na noite de segunda-feira (16), por volta das 20h30, por estupro de vulnerável que teve como vítima uma criança de 11 anos. O fato aconteceu em um condomínio localizado na avenida Pedro Teixeira, bairro Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus.

De acordo com informações do Boletim de Ocorrência (BO), registrado na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), policiais militares lotados na 19ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram acionados pela tia da vítima, uma mulher de 43 anos, informando que a sobrinha dela havia sofrido o estupro de vulnerável.

De acordo com os servidores da Depca, Joaquim era porteiro do condomínio onde a vítima estava. Na ocasião do fato, a vítima estava brincando no pátio, quando o criminoso pegou ela e passou a acariciar o corpo da vítima. Joaquim passou, ainda, a aliciar os seios da criança e a segurou pelos braços. A criança conseguiu se soltar e de imediato relatou o fato para a tia.

Joaquim foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável. Ao término dos procedimentos cabíveis, o infrator será levado para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco.

2 Comentários

  • Que matéria Ridícula. Frequento este condomínio em que um amigo mora. O acusado está sendo injustiçado, deveriam investigar o que aconteceu de fato, antes de publicarem uma matéria deste tipo, Deveriam por exemplo perguntar dos moradores do condomínio como é o perfil e a conduta do Seu Joaquim(o acusado), então, terão certeza de que essas acusações são falsas, calúnias e difamação.

    • ok, é só ir na delegacia depor a favor do acusado. se ele for inocente o boletim de ocorrência é cancelado e o mesmo é solto.

Deixe um comentário