Brasil

Menina de 3 anos morre de Covid-19 após volta às aulas presenciais em Santos

Foto: Reprodução

Uma menina de 3 anos morreu na quarta-feira (9) por complicações decorrentes da Covid-19, após passar vários dias internada na UTI do Hospital Ana Costa, em Santos, no litoral de São Paulo. As informações são do UOL.

De acordo com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Santos (Sindserv), a menina pode ter contraído a doença após a retomada das aulas presenciais, ocorrida no dia 3 de maio. Mas a Secretaria de Educação (Seduc) do município diz que ela contraiu Covid-19 dos pais, que teriam adoecido primeiro.

Ainda segundo o UOL, que entrou em contato com a família, a mãe da criança disse que quer contar tudo o que aconteceu, porém irá aguardar o luto para falar.

De acordo com o Sindserv, a morte da criança teria sido a primeira de aluno, mas já ocorreram outras cinco mortes de profissionais da educação por Covid-19 desde o retorno das aulas presenciais.

O UOL procurou a Seduc de Santos, que lamentou a morte da aluna, e acrescentou que ela era autista e “tinha outras comorbidades”. O órgão informou, por nota, que os pais da menina tiveram a doença e que a estudante compareceu presencialmente à escola, pela última vez, no dia 12 de maio, pelo fato dos pais terem testado positivo para Covid e ela ser considerada uma pessoa que teve contato com a doença.

A escola Leonor Mendes de Barros, local onde estudava a menina, publicou uma nota em sua página do Facebook lamentando a perda da aluna.

“É com imenso e profundo pesar que comunicamos o falecimento da nossa aluna, a pequena e querida, Alice. Nos solidarizamos com seus pais por todo o período de internação da filha e nos manteremos à disposição para todo apoio, acolhimento e atenção necessários nesse momento tão triste”, diz o início da nota.