Meninas oferecem curso de inglês gratuito para alunos de baixa renda

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Duas amigas deram início a um projeto especial em Engenheiro Coelho, no interior de São Paulo: ensinar inglês de graça para pessoas de baixa renda. Após uma visita a uma escola pública, as adolescentes Marina Machado e Carolina Lindquist, perceberam que a maioria dos estudantes não falava inglês.

Para ajudar os jovens, elas decidiram ajudar e começaram as aulas gratuitas em praça pública na cidade. Como em dias de chuva ou calor forte ficava difícil, as jovens conseguiram uma parceria com o CRAS (Centro de Referência e Assistência Social), que garantia um espaço mais confortável.

“Começamos nos bancos da praça e, ao mesmo tempo, decidimos criar uma plataforma online, com a mesma metodologia, chamada Globalizando, para garantir o acesso de muitas pessoas às aulas de inglês”, conta Carolina.

Enquanto alunos aprendem o idioma de maneira tradicional, um grupo usa a internet. O projeto Globalizando deu os primeiros passos em maio do ano passado e hoje já envolveu mais de 200 pessoas em todo o Brasil.

“Nossa intenção é ampliar o projeto de aulas presenciais para todo o Brasil”, sonha Carolina.  Todo o trabalho, online ou presencial, é realizado por voluntários que querem compartilhar conhecimento com pessoas menos favorecidas. que não têm condições de pagar um curso.

“As aulas online permitem que pessoas de todo o país tenha acesso à educação, em especial, a outros idiomas”, observa Micaela Melissa Simplício Silva, diretora do Globalizando no Rio. E seguindo a ideia de ampliar os cursos presenciais, a jovem conta que deve promover um curso para mãe no morro da Mangueira.

Atualmente, o projeto também fechou uma parceria com a Fundação St. Paul.

As informações são do R7