Mundo

Menino é isolado por professores em escola por ter cabelo ‘curto demais’

Foto: Reprodução

Judith McGonnell, de 58 anos, ficou furiosa após receber um telefonema da escola onde o neto estuda. De acordo com o jornal The Mirror, Jayden Barratt teria sido isolado por professores apenas por ter um corte de cabelo “curto demais”.

Conforme a publicação, o estilo de Barratt seria incompatível com as normas da Our Lady’s Catholic College, localizada em Lancaster, na Inglaterra. A escola só permite cortes de número dois na máquina. O cabelo do menino estaria abaixo disso.

A avó, Judith, lamentou o episódio: “Eles estão lá para educá-lo, não para julgar seu cabelo. Ele odeia cortar o cabelo, mas concordou em fazê-lo para que ele pudesse ser mais agradável para a escola”.

Confira a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta