Brasil

Menino estava há um mês acorrentado em barril: ‘só queria algo para comer’

foto: divulgação/PM

Um caso de maltrato chocou o Brasil neste fim de semana, de um garoto de 11 anos que foi resgatado pela Polícia Militar em Campinas (SP). O garoto estava há aproximadamente um mês em pé, acorrentado em um tambor, sem poder se sentar, e apresentado estado de desnutrição.

De acordo com reportagem do Jornal de Brasília, o pai, um auxiliar de serviços de 31 anos, alegou que prendeu o menino no local porque o mesmo estava agitado. O homem foi preso, juntamente com a namorada, uma faxineira de 39 anos, e a filha dela, uma vendedora de 22 anos.

O pai pode ser condenado a cumprir de 2 a 8 anos de prisão, enquanto que a namorada e a filha dela, podem receber pena de 1 a 4 anos de detenção por omissão. A polícia deu a possibilidade de fiança de R$ 5 mil para cada um.

Assista baixo as condições em que estava o garoto. Por conta do tempo em pé, o mesmo estava com as pernas e os pés inchados. Apresentava desnutrição e estava com a cintura as pernas e os braços acorrentados. A cena deixou os policiais indignados.

 

Da redação – Manaus Alerta