“Meu candidato será Omar Aziz”, diz Arthur Neto

Arthur Neto e Omar Aziz
Arthur Neto e Omar Aziz Foto: BNC Amazonas

O prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), anunciou que seu candidato a governador, em 2018, será o senador Omar Aziz (PSD).

Ele fez o anúncio por meio de seus perfis nas redes sociais. A publicação responde a post que fez na tarde desta segunda-feira (23), o senador Omar.

O prefeito Arthur Neto já havia antecipado que sua decisão estava na iminência de ser anunciada, conforme publicou o BNC AMAZONAS.

Na ocasião, disse em inauguração de UBS: “Minha opção está para ser anunciada“.

Na semana passada, Arthur já havia emitido os primeiros sinais de que poderia romper o flerte que fazia com o governador Amazonino Mendes (PDT), candidato à reeleição.

A mais robusta sinalização ocorreu na quinta-feira, dia 19, quando criticou a segurança pública do Estado por causa da ação de traficantes da Zona Leste, que impediram o trabalho dos vacinadores contra o sarampo.

Veja também:

Urgente: traficantes impedem agentes de vacinar moradores na ZL; prefeito se revolta

No dia seguinte, Arthur Neto (PSDB) disse que Ciro Gomes, presidenciável do partido de Amazonino, seria uma hecatombe, caso fosse eleito.

A divergência com Amazonino ficaria ainda mais clara, porque o governador, horas antes, havia acabado de elogiar Ciro, chamando-o de candidato de seus sonhos.

Nesta segunda-feira, dia 23, também vazou informação de que Omar e Arthur tiveram uma longa conversa na sexta-feira passada.

O encontro começou no almoço e só teria terminado por volta de uma hora da madrugada do dia seguinte.

Antes de toda essa reviravolta, era visível o desconforto entre Arthur Neto e Amazonino Mendes.

O ato público que celebrou os 40 anos de vida pública do tucano deveria ter sido para externar a aliança entre PSDB e o PDT, mas, na hora do evento, faltou liga entre eles.

Amazonino fez discurso e deixou o evento sem ouvir a fala do prefeito Arthur.

Nessa mesma ocasião, o deputado federal Arthur Bisneto criticou o abandono do interior do estado, causando mal-estar aos aliados de Amazonino.

Leia a declaração de Arthur

Escrevo após o expediente, porque não misturo política com meus deveres de gestor público. Respondo, neste momento, ao pronunciamento do senador Omar Aziz, pré-candidato ao governo do estado, a mim dirigido.

Em seu documento, Omar relembra amplos momentos de ação conjunta, unindo seu mandato de governador ao meu de prefeito, entre 2013 e meados de 2014. Nesse período, promovemos significativas ações, já enumeradas pelo senador, valendo ressaltar que, em oito meses apenas, disponibilizamos água para 562 mil pessoas, nas zonas norte e leste da cidade.

Foram momentos de harmonia e construção, a serviço dos manauaras. Declaro, então, que meu candidato será Omar Aziz.

Todos sabem que nossa cidade, hoje, é admirada no Brasil inteiro por sua independência e por suas contas exemplarmente ajustadas.

Neste verão, contamos com R$ 320 milhões de recursos próprios, para obras de drenagem macro e micro, tapa buracos, recapeamento e pontes.

Apesar dessa autossuficiência, uma cooperação saudável e verdadeira será muito bem recebida pelo meu povo.

Nada contra os demais candidatos, tudo a favor de Manaus e de ações conjuntas com o governo estadual, que não sejam fantasia, promessas vãs e engodo. Não peço nada para mim.

Aceito, isto sim, a colaboração justa, que é direito de Manaus. É direito da nossa gente.

Afinal, somos a cidade-estado que hospeda os governadores e está cansada da indiferença para com ela. Manaus exige o respeito que lhe é devido e que lhe tem sido negado.

Em outubro, Manaus soltará seu grito.

Fonte: BNC Amazonas