Ministro da Saúde explica distribuição de remédios e testes nos estados em prevenção ao Covid-19

Foto: Najara Araújo/Câmara dos Deputados

A comissão mista que acompanha as ações do governo no combate ao novo coronavírus discute, com o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, a logística de distribuição de medicamentos e testes para os estados.

A reunião com Pazuello foi proposta pelo senador Esperidião Amin (PP-SC) e terá início às 10 horas.

O ministro já foi ouvido pelo colegiado em junho quando foi muito questionado pelos parlamentares sobre a falta de medicamentos para tratamento de casos graves da Covid, como sedativos e relaxantes musculares necessários para a intubação de pacientes.

Na ocasião, Pazuello informou que em breve o ministério disporia de uma reserva emergencial destes medicamentos já acertada com a indústria nacional nesta semana e com compras emergenciais no exterior.

Mas, no mês passado, os secretários estaduais de Saúde de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul ainda reclamavam da falta de medicamentos para pacientes com Covid-19 nas unidades de terapia intensiva (UTIs).

“Um ponto sensível hoje são os medicamentos, que alguns chamam de kit intubação. Nós já esgotamos as alternativas de remanejo entre a rede hospitalar”, disse a secretária estadual de Saúde do Rio Grande do Sul, Arita Bergmann, durante audiência na comissão externa da Câmara que acompanha o combate à pandemia.

O secretário de Atenção Especializada em Saúde do governo federal, Luiz Otávio Franco Duarte, no entanto, garantiu aos parlamentares que uma licitação em andamento no Ministério da Saúde iria regularizar os estoques dos medicamentos nos hospitais.

As informações são da Agência Câmara