Moro após fuga do PCC: Passagem só de ida para presídio federal

Foto: André Borges/Metrópoles

Horas após a fuga de mais de 75 integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC) do Presídio de Pedro Juan Caballero, na fronteira entre Paraguai e Brasil, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, afirmou que as autoridades brasileiras estão colaborando com a identificação e a captura dos fugitivos. As informações são do Metrópoles.

Moro subiu o tom contra os fugitivos e garantiu que eles serão presos. “Estamos trabalhando com as forças estaduais para impedir a reentrada no Brasil dos criminosos que fugiram de prisão do Paraguai. Se voltarem ao Brasil, ganham passagem só de ida para presídio federal”, escreveu no Twitter.

Ele completou: “Estamos à disposição também para ajudar o Paraguai na recaptura desses criminosos. O Paraguai tem sido um grande parceiro na luta contra o crime”.