Morre enfermeiro amazonense após afogamento no litoral de São Paulo

Foto: Reprodução/Instagram

O enfermeiro amazonense Heitor Lira de 24 anos faleceu no fim da manhã deste sábado (5) após ficar em coma, por conta de um afogamento ocorrido no litoral paulista. Amigos chegaram a realizar uma vaquinha, divulgada pelo Manaus Alerta para ajudar na recuperação do rapaz. Nas redes sociais, os amigos prestaram homenagens destacando a personalidade única de Heitor.

A amiga Karoline Costa, lamentou bastante a perda. “O que conforta entre as aspas a gente, é que o Heitor era uma pessoa muito livre, muito esclarecido. Ele viver em uma situação vegetativa, o que aconteceria se ele sobrevivesse, porque foi um tempo de parada longo, acho que seria como estar morto para ele, preso dentro dele mesmo, ele nunca ia aceitar isso”, conta.

Afogamento

Heitor saiu sozinho de Manaus rumo a São Paulo para realizar uma prova de residência da USP, e, no dia 23 de novembro, saiu para conhecer o litoral em uma praia de Guarujá, quando sofreu o acidente.

Karoline Costa, relatou que o jovem estava com outro amigo que, no momento do acidente, arrumava as coisas na praia para também entrar na água, mas não deu tempo.

”Segundo nosso outro amigo que estava com ele, tudo aconteceu muito rápido. Ele também ia entrar na água, mas não deu tempo. Quando ele percebeu, os surfistas já estavam trazendo Heitor afogado”, disse Karoline.

O enfermeiro conseguiu ser resgatado e passou por uma ressuscitação cardiopulmonar por mais de vinte minutos, intubação oro traqueal e agora encontra-se em coma na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital da cidade.

”Ainda não conseguimos assimilar como isso aconteceu porque ele estava em uma parte rasa e ele sabe nadar, corre aqui em Manaus, é ativo e faz exercícios em casa”, explicou Karolina antes da morte.

 

De Joandres Souza – Portal Manaus Alerta