Manaus

Morre jornalista e coach amazonense Marinaldo Matos, vítima da Covid-19

foto: reprodução/Facebook

O jornalista Marinaldo Matos Guedes, que tinha 47 anos,  morreu  nesta quinta-feira, (10) em decorrência de complicações da Covid-19.

O prefeito de Manaus, David Almeida, lamentou com pesar a morte do profissional. “Estou em oração pela família e amigos do jornalista Marinaldo, que infelizmente foi vencido por este vírus tão cruel, que há mais de um ano vem ceifando as vidas de várias pessoas pelo mundo. Que nosso Pai celestial o receba em luz, na sua eterna morada”, declarou o prefeito.

O vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura, Marcos Rotta, também lamentou profundamente a morte do jornalista, que atuava como coach. “Perdemos uma pessoa muito querida. Que Deus em sua infinita bondade receba o Marinaldo e seja o alento de seus familiares e amigos”, disse o vice-prefeito.

Formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam) – onde também foi professor substituto – Marinaldo Matos atuou como repórter na Rede Amazônica, foi assessor de comunicação e superintendente interino da Superintendência Estadual de Navegação, Portos e Hidrovias (SNPH).

Com informações da assessoria