MPF vai à Justiça contra Bolsonaro por falas ‘discriminatórias’ contra mulheres

Foto: Diego Vara

O Ministério Público Federal (MPF) ajuizou uma ação, nesta segunda-feira (10), contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e alguns ministros por falas “preconceituosas e discriminatórias” contra mulheres.

A Procuradoria-Regional dos Direitos do Cidadão em São Paulo quer que a União destine ao menos R$ 10 milhões para campanhas de conscientização sobre direitos das mulheres, além do pagamento de R$ 5 milhões por danos morais coletivos.

Leia a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Portal Manaus Alerta