‘Mulas do tráfico’ são interceptadas em lancha com fuzil, munições e 30 kg de drogas, em Coari

347
Foto: Divulgação

Três pessoas foram presas, em flagrante, na manhã desta quarta-feira (18), por volta das 9h30, com um fuzil AR15, 150 munições de calibre 5.6, 30 quilos de pasta base de cocaína e 12 quilos de cocaína (pó), em uma lancha expresso no porto da cidade de Coari, oriunda do município de Tefé, ambos no Amazonas.

De acordo com policiais militares, lotados no 5ª Batalhão da Polícia Militar do Amazonas, naquele município, Thielle da Silva Meireles, de 21 anos, Jeferson dos Santos, de 18 anos, ambos nascidos na cidade de Tefé, e Neire Oliveira Ramos, de 39 anos, natural de Benjamim Constant, foram interceptados após uma denuncia anômica informando que havia um transporte de drogas e armamento pesado naquela embarcação.

Conforme o delegado José Barradas, titular da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) , os policiais militares se deslocaram até o porto de Coari e iniciaram a averiguação em uma lancha expressa. Na ocasião, Thielly tentou empreender fuga do local, mas foi impedida pelos policiais. Nas bagagens dela, foram encontrados um fuzil, 150 munições de calibre 5.56 e 12 quilos de cocaína.

Ainda segundo o delegado Barradas, depois de inspeções serem realizadas nas demais bagagens da embarcação, foram encontrados 24 quilos de cocaína, em pasta base, nos pertences de Jeferson e Neire. Além disso, mais seis quilos de cocaína, em pasta base, foram encontrados em uma mala que estava em posse de um homem identificado como Arilson Macedo. O homem, no entanto, conseguiu empreender fuga do lugar.

Em depoimento para a Polícia Militar, todos negaram se conhecer. Mas, pela semelhança dos volumes de drogas encontrados, o tipo de droga, e o destino final Codajás, a Polícia supõe que se trata apenas de um dono da droga e que esta foi dividida em pequenas porções para serem transportadas por “mulas do tráfico”.

Thielly, Jeferson e Neire foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e porte de arma de fogo de uso restrito e conduzidos ao prédio da DIP de Coari. Após procedimentos cabíveis na sede da unidade policial, o trio será levado para a audiência de custódia.

Por Suzana Martins 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui