Brasil

Mulher é assassinada a facadas pelo marido por comemorar final da Libertadores

Foto: Reprodução

Um homem de 34 anos foi preso em flagrante em São Domingos, na região Oeste de São Paulo, após desferir diversos golpes de faca contra sua mulher durante um desentendimento na madrugada deste domingo, dia 31, informou a Polícia Civil em um comunicado emitido nesta segunda-feira, dia 1º. As informações são do Extra.

De acordo com os investigadores, o suspeito contou que a briga ocorreu por causa de futebol. O marido alegou ter sido agredido pela vítima primeiro, que lhe teria golpeado com uma faca. Ele, contudo, disse ter conseguido pegar o objeto, desferindo diversos golpes contra a mulher

A vítima, Érica Fernandes Ceschini, torcia para o Palmeiras e comemorou vitória do clube no fim de semana como campeão da Libertadores, o que teria desagradado seu marido corinthiano. Nas redes sociais, amigos lamentam a morte dela.

“Ainda estou atônita com sua partida tão precoce, tão cheia de vida e sonhos que foram interrompidos! Descanse em paz, amiga, vou sentir saudades pra sempre”, postou uma amiga nos Stories do Instagram.

“Vamos orar muito por você, Erica, para que você esteja na luz, no entendimento e na evolução, e para que seus filhos tenham uma vida abençoada, apesar de terem presenciado esse tragédia e terem perdido a mãe dessa forma horrorosa. Se todos orarem por você, com certeza haverá esperança de que essa fato trágico tenha suas consequências menos danosas”, escreveu outra amiga no Facebook.

Com lesões no abdômen, o autor, identificado como Leonardo Ceschini, foi socorrido ao Hospital do Mandaqui, onde permaneceu internado sob escolta policial, tendo sido autuado por homicídio qualificado.

O caso ocorreu na Rua Rubens de Souza Araújo, onde o casal vivia com seus filhos gêmeos pequenos.

Policiais Militares foram acionados para atendimento da ocorrência e, no local, encontraram a vítima caída no chão da cozinha. Embora tenham chamado o serviço de emergência, ela já estava morta. A perícia da Polícia Civil foi realizada e o caso foi registrado no 33º DP (Pirituba).