Mulher joga bebê do 2º andar de edifício; criança foi encontrada em lixeira

Foto: Divulgação

Pouco tempo depois de dar à luz, uma mulher, de 20 anos, arremessou o recém-nascido pela janela de um apartamento. A criança foi jogada do segundo andar de um edifício na noite dessa quinta-feira (18). O bebê foi encontrado dentro de uma lixeira, por uma moradora, na manhã desta sexta-feira (19).

A auxiliar de serviços gerais Cristiane Pereira Campos Silva, de 45 anos, encontrou a criança em uma das lixeiras do prédio. Cristiane relatou ao Portal G1 que sempre verifica os baldes utilizados como lixeira e, na ocasião, estranhou a presença de um saco plástico perto de um dos suportes.

Um dos baldes estaria totalmente preenchido e havia uma sacola separada próxima. Ao levantar o saco plástico, Cristiane notou que havia muito sangue morno dentro. Em seguida, a auxiliar de serviços gerais contatou o zelador do edifício. A mulher foi orientada a abrir a sacola e, ao iniciar o procedimento, ela se deparou com o pé da criança. Depois disso, a testemunha relatou o que havia visto e o zelador terminou de abrir o saco. Os dois ficaram surpresos ao encontrar o recém-nascido.

As duas testemunhas acionaram a Polícia Militar que compareceu ao local junto de uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A equipe médica confirmou o óbito da criança após chegar ao local. O caso ocorreu em Praia Grande-SP e foi encaminhado para a Delegacia de Defesa da Mulher, onde a equipe de investigação apura o crime.

O corpo do recém-nascido foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), onde exames serão feitos para comprovar se o bebê nasceu vivo ou não. A identidade da mãe não foi divulgada.

As informações são do JBr