Mulher morre com taça cravada ao pescoço; ela comemorava vitória do Brasil

taça brasil
Amigos tentaram conter o sangramento e acionaram o resgate- foto: reprodução/Facebook

A vitória da Seleção Brasileira contra a Sérvia, pela Copa do Mundo, deu esperança a milhares de brasileiros na busca pelo Hexa. Mas, para um grupo de amigos de Itatiba, em São Paulo, a data será lembrada pela dor da perda de uma amiga. A mulher de 30 anos sofreu um grave acidente enquanto comemorava a classificação do Brasil para as oitavas e morreu ainda no local.

Segundo a Polícia Militar (PM), testemunhas relataram que Tamara Maiochi se desequilibrou ao levantar de uma cadeira e tentou se apoiar em uma mesa para ficar de pé. Foi então que escorregou e estilhaços de uma taça, que se quebrou durante a queda, atingiram o pescoço dela.

Amigos tentaram conter o sangramento e acionaram o resgate. No entanto, ela não resistiu e morreu ainda no local. O delegado que registrou o caso explicou ao G1 que uma investigação foi aberta para apurar a morte. Apesar disso, acredita que o fato trata-se de um acidente.

“Ela estava com a taça na mão e mais um celular na outra. Em seguida, ela escorregou, foi se apoiar na mesa e a taça atingiu no pescoço. A investigação continua, mas tudo indica que realmente foi acidente”, disse Luciano Carneiro de Paiva. Peritos estiveram no local e o corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) de Jundiaí, na mesma região.

No Facebook, amigos e familiares de Tamara comentam uma das últimas fotos postadas por ela. A maioria deles lamenta a morte precoce da vítima. “Que triste! Foto com uma taça, justo o que causou a morte. Tão linda, tão jovem! Que Deus conforte os familiares”, escreveu uma moça.

Fonte: Bhaz