Mulher que fazia jogos ilegais em casa é detida pela 7ª vez

Foto: PMDF/Divulgação

Durante um patrulhamento na QS 9 do Areal, em Águas Claras, uma equipe do Gtop 37, da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), recebeu a denúncia de que um “cassino” funcionava na região. Segundo informações que chegaram até os militares, uma residência era usada para a jogatina.

Por volta das 20h de quarta-feira (22). O grupo seguiu para o local e confirmou o fato. Lá, havia três máquinas caça-níqueis e três pessoas — dois homens e uma mulher — jogando. Além disso, dentro nas máquinas, existia uma quantia de R$ 326.

A responsável pelo lugar acabou sendo detida. Na verdade, foi a sétima vez que ela foi detida pelo mesmo motivo. Depois, seguiu com a policia para a 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Sul).

Na unidade policial, ela assinou termo de compromisso de comparecimento em juízo e foi liberada em seguida. Os investigadores apreenderam as máquinas de jogos de azar e as encaminharam para o Instituto de Criminalística para perícia.

Não havia muito tempo que ela havia sido detida. A última vez aconteceu no dia 4 de janeiro, ou seja, há menos de 20 dias. Na ocasião, os militares encontraram oito máquinas de apostas, três apostadores, uma máquina de cartão e R$ 2.337.

As informações são do Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta