Mulher vai ganhar R$ 10 mil por fofoca em igreja evangélica no Rio

Boato fruto de “revelação divina” espalhou que a mulher teria traído o marido

A Justiça do Rio determinou que uma mulher, vítima de boato em igreja evangélica em Realengo, no Rio de Janeiro, seja indenizada.

No episódio, dois homens afirmaram que uma “revelação divina” indicou que a mulher teria traído o marido. A informação teria se espalhado na igreja. De acordo com a coluna do Ancelmo Gois, do ‘O Globo’, a fiel deverá receber R$ 5 mil de cada um dos acusados.

Fonte: noticias ao minuto