Namorado da jovem morta ao dar carona sonhava em casar e ter filhos

O namorado da radiologista Kelly Cristina Cadamuro, de 22 anos, morta ao dar carona por meio de um grupo do WhatsApp na última quarta-feira (1º), revelou que seu sonho era casar e ter filhos.

A jovem costumava dividir trajetos para diminuir os custos da viagem entre Guapiaçu (SP), onde morava, até a residência do seu namorado, localizada em Itapagipe (MG). Momentos antes do crime, o engenheiro civil Marcos Antônio da Silva, de 28 anos, mandou uma mensagem pedindo que ela tomasse cuidado.

“Eu mesmo já levei e trouxe muitas pessoas, só que era sempre gente conhecida. Ela sempre tinha o costume de me mandar mensagem perguntando se eu conhecia as pessoas as pessoas que queriam vir com ela, mas justo desta vez ela não mandou”, revelou o namorado em entrevista ao Fantástico.

O casal namorava à distância há dois anos e tinha muitos planos. “Meu maior sonho era filhos e casar com ela”, revelou Marcos.

Fonte: Noticias ao minuto