‘Não determinei prática de corrupção’ afirma Wilson Lima sobre operação da PF

foto: reprodução/Instagram
Manaus Alerta
Postado por Manaus Alerta

Alvo de operação da Polícia Federal nesta terça-feira (30), o governador Wilson Lima (PSC) publicou no início da noite se defendendo. A casa do governador, localizado no condomínio Vila Rica, e a sede do Governo do Amazonas, foram alvo da operação ‘Sangria’ da PF que investigam superfaturamento na compra de respirados.

Wilson, que não estava em Manaus quando a operação aconteceu no início da manhã, porque cumpria agenda oficial em Brasília, se disse surpreso, mas enfatizou que não deu ordens para prática ilícita na administração pública do Estado.  “Enquanto governador sou o principal interessado que isso (supostos crimes) seja apurado”.

E continuou, “durante o pico da pandemia a minha determinação era para que se salvasse vidas, e aí havia necessidade de celeridade nos processos para aquisição dos materiais, para o combate ao Coronavírus. E em nenhum momento houve determinação para prática ilegal, para corrupção”, completou o governador do Amazonas. Confira a mensagem completa.

Portal Manaus Alerta