‘Não preciso me promover com ação policial’, defende Capitão Alberto Neto

Foto: Reprodução

O Capitão Alberto Neto, candidato a Prefeito de Manaus, fez uma live em sua página no Facebook na noite da última quarta-feira (7) contando sobre a abordagem que fez durante a manhã onde prendeu um suposto assaltante em um transporte coletivo da linha 651 que passava nas proximidades da Feira do Coroado, na Zona Leste de Manaus, onde o candidato participava de uma bandeiraço.

Nas redes sociais, o capitão foi acusado pelos internautas de ter forjado o assalto para se promover. Para se defender e explicar a situação, Alberto Neto resolver fazer uma live.

”Aqui tem sangue de polícia. Se eu tiver vendo alguém em perigo, eu vou agir. Eu tenho porte de arma, sou treinado. Vou deixar a população sofrer na mãe de bandido? (…) não preciso me promover com ação policial não (…) essa é a realidade do policial. Quando a gente coloca bandido na cadeia, o policial ainda tem que responder. Não é fácil ser policial no nosso país”.

Assista ao vídeo clicando aqui.

Entenda o caso

O candidato a prefeitura de Manaus, Capitão Alberto Neto (Republicanos), reagiu a uma suposta tentativa de assalto na manhã da última quarta-feira (7), durante uma participação em um bandeiraço que ocorria nas proximidades da Feira do Coroado, na Zona Leste de Manaus.

De acordo com a assessoria do Capitão, os passageiros do ônibus de transporte coletivo gritaram para sinalizar que estavam sendo assaltados. O deputado foi até o veículo sacou sua arma e prendeu o suspeito até a chegada de reforço da Polícia Militar.

Por Portal Manaus Alerta.