TV e Famosos

‘Não ver filhos crescerem’ era maior medo de Paulo Gustavo, revela amiga

Foto: Reprodução

O maior medo do humorista Paulo Gustavo era não ver o crescimento dos filhos. A informação foi divulgada por uma amiga do ator, a médica Susana Garcia, em um longo texto publicado nas redes sociais. Paulo Gustavo morreu vítima de complicações da Covid-19 na última noite após passar mais de 50 dias internado no hospital Copa Star, no Rio de Janeiro. As informações da PurePeople.

Susana, que acompanhou de perto o tratamento do amigo, relatou a última conversa que teve com Paulo Gustavo antes de sua sedação. “Você, que pouco antes de ser intubado, me disse que estava com medo de não ver seus filhos crescerem, saiba que eles vão crescer vendo a sua história”, prometeu, referindo-se a Romeu e Gael, de pouco mais de 1 ano.

A médica também exaltou a carreira e a obra do artista: “Você é o maior artista do momento. Você transformou muitos lares brasileiros com D. Hermínia. Você tocou em assuntos tabus e através do seu humor conseguiu ser político e ajudar a muitas famílias. Vc é unanimidade. A maior bilheteria do teatro e do cinema! Você foi o maior símbolo da resistência potente da nossa cultura”.

A mulher de Herson Capri ainda afirmou: “Torço para que a dor de tanta gente vire símbolo de uma mudança na nossa sociedade. Você vai contribuir para substituir o ódio e o individualismo pela alegria e pelo cuidado do coletivo”. E se despediu: “Essa foto somos nós dois caminhando felizes pela vida. Vou seguir assim, com vc vivo dentro de mim. Te amo pra sempre”.

Portal Manaus Alerta