Nejmi Aziz ganha vaga de deputada e poderá ter foro privilegiado na ‘Maus Caminhos’

foto: Instagram

A ex-primeira dama do Amazonas, investigada na operação “Maus Caminhos”, Nejmi Aziz (PSD), deve assumir o cargo de deputada estadual pela coligação Amazonas Com Segurança 1 (PSD, PRB, DEM). Nejmi, como primeira suplente, assume o lugar do então deputado titular Augusto Ferraz (DEM) que foi eleito prefeito de Iranduba (11.732 votos) no último domingo (15).

Nejmi chegou a ser presa em agosto de 2019, na quinta fase da operação Maus Caminhos, que investiga lavagem de dinheiro, corrupção passiva e formação de quadrilha que desviou recursos públicos da Saúde do Amazonas, mas foi solta dois dias depois, após a desembargadora Maria do Carmo Cardoso, do Tribunal Regional Federal 1ª Região (TRF1), atender um pedido da defesa, pela liberação da prisão temporária.

Ainda assim, ser alvo das investigações não impede que Nejmi assuma como deputada estadual, enquanto o processo não transitar em julgado. Ela conquistou o direito de suplente na coligação “Amazonas Com Segurança 1” nas eleições de 2018, quando concorreu ao cargo de deputada e conseguiu 19.559 votos.

Portal Manaus Alerta