Cidades

No AM, meta da campanha contra a Influenza é vacinar 900 mil pessoas

A campanha terá o Dia D de mobilização neste sábado (12)- foto: Karla Vieira
Redação
Postado por Redação

O público alvo da 20ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, no Estado, é composto de cerca de um milhão de pessoas. A meta do Ministério da Saúde é imunizar pelo menos 90%, o que corresponde a 900 mil pessoas. A campanha, que iniciou no dia 23 de abril apenas nos municípios do interior, terá o Dia D de mobilização neste sábado (12), data a partir da qual Manaus também dará início à vacinação, prosseguindo até o dia 1º de junho.

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) informa que os grupos prioritários para vacinação são compostos por crianças de seis meses a menores de cinco anos, idosos a partir de 60 anos, professores da rede pública e privada, trabalhadores da saúde, povos indígenas, gestantes e mães com até 45 dias após o parto, pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Estratégias

O secretário estadual de Saúde, Francisco Deodato, pede total empenho dos municípios, para que a meta seja atingida. “Temos 50% da população concentrada na capital, que começa agora a receber a vacinação. Além disso, os municípios traçaram estratégias para vacinar nas comunidades e nas áreas remotas, durante o Dia D de mobilização. A expectativa, portanto, é de intensificação nos próximos dias, com a mobilização para o Dia D”, afirmou.

Abastecimento no interior

Segundo o secretário, todos os municípios estão abastecidos com vacina suficiente para alcançar a meta de imunização. A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) encaminhou, por meio da Coordenação Estadual do Programa Nacional de Vacinação (PNI), as quantidades necessárias, de acordo com a população de cada município. “Todos os municípios estão devidamente abastecidos, dentro da sua meta”, disse.

De acordo com o diretor-presidente da FVS-AM, Bernardino Albuquerque, as particularidades geográficas do Amazonas exigem estratégias específicas, para alcançar bons resultados. Uma delas é o envio de agentes de saúde, pelas secretarias municipais, antes do Dia D, para as comunidades rurais mais distantes da sede.

Eficiente

Bernardino reforça que a vacina é eficiente e protege contra os vírus de Influenza H1N1, Influenza A H3N2 e Influenza B. “A única restrição para não aplicação da vacina é referente a pessoas com alergia ao ovo, o restante está apto para se imunizar contra a gripe, que em casos grave pode levar a óbito”, ressaltou.

A coordenadora do PNI, Izabel Nascimento, destaca que o público alvo da campanha é de 1.027.394 pessoas em todo o Amazonas, porém, o Ministério da Saúde estabelece como meta ideal 90% desse público, o que dá 900 mil pessoas a serem vacinadas. Segundo ela, a mobilização no interior já alcança áreas indígenas, onde a vacinação também está ocorrendo.

Com informações da assessoria

Deixe um comentário