No Brasil, tratamento italiano será testado em pacientes graves com Covid-19

Foto: Hugo Barreto/Metrópoles

Anvisa aprovou os testes de um tratamento italiano para pacientes internados em estado grave de Covid-19. A segunda fase do estudo clínico, que deve incluir 48 pacientes brasileiros, pretende verificar a eficácia e segurança do medicamento chamado Reparixin, que é originalmente usado em transplante de órgãos.

Os testes começaram a ser feitos na Itália em maio, mas com a melhora da epidemia de coronavírus no país, os pesquisadores não encontraram pacientes em estado grave o suficiente para participar do estudo.

No Brasil, o medicamento deve ser testado nos estados de São Paulo, Bahia, Minas Gerais, Santa Catarina e Distrito Federal. Segundo a empresa Dompe, responsável pelo estudo clínico, os cinco italianos que foram tratados com o remédio se recuperaram totalmente.

Leia a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Portal Manaus Alerta