Saúde

Nova Esperança recebe equipe de formação de brigada de combate ao caramujo africano

(Foto: Altemar Alcantara/Semcom)
Redação...
Postado por Redação...

A Prefeitura de Manaus realizou neste sábado, 6/01, a primeira formação de brigada de combate ao caramujo africano deste ano, no bairro Nova Esperança, zona Oeste de Manaus. Apesar da baixa procura por parte dos moradores, a formação ocorreu de acordo como o previsto, atendendo a uma solicitação dos próprios lideres comunitários da área, com parte teórica e prática.

“O objetivo da brigada é exatamente o de mobilizar a comunidade e capacitá-la a lidar com o problema do surgimento de caramujos africanos, sem qualquer risco para a sua saúde ou da sua família, mas infelizmente tivemos uma baixa procura nessa primeira formação, o que nos incentiva a continuar cumprindo cada vez mais a nossa missão de orientar e capacitar a população”, afirma o chefe da Divisão de Educação Ambiental da Semmas, Raimundo Araújo. Esta é a sétima formação de brigadistas realizada pela Semmas desde o início do projeto, no ano passado.

Os moradores presentes receberam as informações sobre o passo a passo da coleta e do extermínio correto dos caramujos africanos na sede da Igreja Assembleia de Deus, no bairro. A ocorrência de chuvas associada ao acúmulo de lixo nos quintais e terrenos baldios leva todos os anos ao aparecimento de focos de caramujos africanos na cidade. Como forma de capacitar a população a combater a proliferação do molusco, são realizadas as formações de brigadas, tendo os moradores como principais agentes de atuação.

As formações são divididas em duas etapas – partes teórica e prática. A formação de brigadas nas comunidades foi a estratégia encontrada pela Semmas para atender de forma eficiente à missão de orientar a população sobre o combate à praga do caramujo africano. Morador do bairro Alvorada, Franze Rebelo de Souza, 54, considerou a iniciativa da formação uma excelente ação da Prefeitura de Manaus. “Esse tipo de atuação é importante porque nós necessitamos muito de ações que capacitem a população a lidar com as dificuldades que surgem no dia a dia, a exemplo do caramujo africano”, afirmou.

As solicitações de formação de brigadas podem ser feitas à secretaria por meio das lideranças comunitárias, que se encarregam de reunir os moradores. Os interessados podem ligar para 3236-7420 e 98842-2506. O líder comunitário do Nova Esperança Djalma Senna disse que solicitou a ação da Semmas no local em razão do grande número de casos de focos existentes no bairro. “Muita gente perguntando como fazer para se livrar dos caramujos e achamos por bem solicitar essa visita da secretaria e aguardar que a população comparecesse para se informar”, explicou.

Meio Ambiente

A formação de brigadas dá cumprimento também à determinação do Ministério do Meio Ambiente, prevista na Resolução 05/2009, da Comissão Nacional de Biodiversidade (Conabio), segundo a qual até 2020 todos os Estados e Municípios terão que adotar medidas eficazes de combate a espécies exóticas invasoras. Logo após a parte teórica, os participantes seguiram para localidades do bairro com registros de focos para a realização da coleta segura.

As formações ocorrerão ao longo deste primeiro semestre do ano, durante o período chuvoso, quando ocorre a proliferação dos caramujos africanos. O chefe da Divisão de Educação Ambiental da Semmas, Raimundo Araújo, responsável pelas ações, explica que a nenhum órgão se responsabiliza pela coleta do caramujo africano. “Nossa missão não é coletar e sim orientar, seja por telefone, pelo site, realizando visitas técnicas, distribuindo material informativo e agora fazendo a formação de brigadas através de solicitações feitas pelas associações e lideranças comunitárias em todas as zonas da cidade”, explicou.

O público-alvo das formações são conselhos comunitários, escolas, associações, clube de idosos, empresas privadas e repartições públicas. Durante a formação, os participantes recebem informações sobre os procedimentos que podem ser adotados para a coleta e descarte correto do caramujo africano. No próximo dia 13/01, ocorrerá a oitava formação de brigada de combate ao caramujo, desta vez no bairro da Betânia, zona Sul de Manaus. Na sequencia, serão realizadas formações nos Campos Eliseos (Zona Centro-Oeste) e na Cidade Nova (Zona Norte).

Comentários

comentários


Deixe um comentário