Onda de ‘fake news’ sobre sequestros de crianças atrapalham investigações, diz polícia

Foto: Divulgação/SSP-AM
Manaus Alerta
Postado por Manaus Alerta

A onda de informações sobre sequestros de crianças em Manaus estão atrapalhando o trabalho da polícia especializada nestes casos. A titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), Joyce Coelho convocou uma coletiva nesta quinta-feira (13) especialmente para alertar a população sobre este cenário.

De acordo com Joyce Coelho, está ocorrendo um fenômeno de “terrorismo virtual”, e ela usou como exemplo, uma situação de supostos sequestro na noite da última quarta-feira (13), no bairro Nova Esperança, envolvendo dois meninos, que foi veiculado em redes sociais e gerou grande repercussão.

“Não conseguimos saber a motivação, mas há dois falsos sequestros, em que os procedimentos realizados para resgatar essas crianças, feitos por pessoas sem autorização para tal. A gente percebe uma crescente onda de fake news que vem atrapalhando as buscas pelo único desparecido até o momento, que é o Erlon Gabriel de 2 anos. E que até mesmo ainda não há qualquer indício de sequestros”, disse Joyce.

A delega alertou, usando ainda o caso do Nova Esperança como exemplo, que não pode mostrar imagens da crianças, como prevê no estatuto da criança e do adolescente com fins que não sejam investigativos.

O caso

Sobre o suposto sequestro do Nova Espearança, Joyce disse que não houve se quer um registro de Boletim de Ocorrência registrado.  “Foi mais uma travessura de crianças que saíram da escola foram para Ponta Negra, foram para o shopping, pediram dinheiro em frente ao shopping porque queriam lanchar e no dia de hoje os pais também vieram contar e esclarecer a história”, detalha.

“As mães se sentiram na obrigação de vir que contar o que realmente havia acontecido porque elas chegaram acreditar nesse clima pesado de pessoas acharem que estão sequestrando crianças”, complementa Joyce Coelho.

Mesmo assim, a delegada esclarece que se houver casos, a polícia não vai negar. “Existe tráfico humano sim, mas a gente precisa investigar as coisas com responsabilidade. E ao saber de uma notícia, quem tem que fazer um resgate é a polícia, até porque é perigoso você colocar sua própria vida em risco e a vida principalmente da criança”, completou.

Carro preto descartado

Não existe qualquer indício concreto que aponte a existência de um carro preto que sequestras crianças em Manaus. Há vários relatos, e sempre a história que chega é do carro preto, mas até hoje não apareceu e não foi comprovado. Então não é para criar pânico em relação a isso, mas qualquer situação precisa ser reportada para a polícia e precisa ser verificada. Até o momento o caro preto é mais uma lenda urbana antiga.

Dicas

As pessoas tem que prestar atenção no que estão compartilhando. Tentar confirmar com a polícia se já tem um boletim de ocorrência aberto sobre aquele caso, antes de qualquer providência a ser tomada. As crianças precisam ser ouvidas de forma diferenciada, não podem ser expostas. Toda vez que houve a exposição de uma criança, a gente vai investigar e vai responsabilizar quem faz a divulgação.


Por Joandres Xavier – Portal Manaus Alerta


Deixe um comentário