Operação contra pornografia infantil em Manaus prende dois suspeitos nesta terça-feira

Foto: Divulgação

Na manhã desta terça-feira (28), a Polícia Federal do Amazonas deflagrou a ‘Operação Dark Storage’, com o intuito de acabar com o compartilhamento e a posse de fotografias e vídeos de pornografia infantil na rede de computadores.

Nessa fase da investigação, 45 policiais federais cumprem, em 5 endereços de Manaus, mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal.

A operação busca esclarecer possíveis participações de indivíduos residentes em Manaus, mas não relacionados diretamente entre si, com a prática de disseminação transnacional de pornografia infantil, por meio de redes sociais,
contas de e-mail e aplicativos de mensagens e vídeos.

Presos

Durante as buscas desta manhã, até o momento, dois dos suspeitos foram presos em flagrante delito por crime de posse de material infantil pornográfico, previsto no art. 241-B, do Estatuto da Criança e do Adolescente, carregando material pornográfico com eles.

Ambos responderão pelos crimes de posse, compartilhamento de arquivos de pornografia infantil, com penas previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente e no Código Penal Brasileiro que variam de 1 a 6 anos de reclusão.

Nome da Operação

O nome da operação remete à guarda e ao depósito de material de conteúdo infantil pornográfico, obtido através de downloads realizados na internet, principalmente em sítios da Dark Web.

Por Portal Manaus Alerta com informações da PF