Operação policial em Japurá apreende meia tonelada de maconha skunk

foto: Carlos Soares/SSP-AM

Uma operação conjunta entre o 4° Grupamento da Polícia Militar do Amazonas e da Polícia Civil em Japurá, município localizado a 744 quilômetros de Manaus, apreendeu meia tonelada de maconha skunk na última quarta-feira (2), no ramal Dona Marta. Esta é a terceira apreensão de grande porte realizada pelas polícias na cidade. Só neste ano, mais de 1,3 tonelada de entorpecentes foi retirada das mãos de organizações criminosas ligadas ao tráfico de drogas.

O balanço da operação foi apresentado na manhã desta sexta-feira (4) pelo secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates, em coletiva de imprensa realizada no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), no Petrópolis, zona centro-sul de Manaus. A entrevista contou com a participação do subcomandante-geral da Polícia Militar, Ronaldo Negreiros, o diretor do Departamento de Polícia Civil do Interior, delegado Bruno Fraga.

Foram apresentados 385 tabletes skunk. O entorpecente foi localizado por volta das 17h pelas equipes policiais. A ação contou com o apoio da Polícia Civil de Japurá. A informação inicial sobre o crime foi obtida por meio de denúncias. O ponto onde a droga foi encontrada fica a cerca de 60 quilômetros da sede do município, em uma região de mata fechada.

Avaliada em R$ 2,5 milhões, a droga estava escondida embaixo de folhas secas, dentro de 33 bolsas de viagem. Os infratores fugiram antes da chegada dos policiais. Investigações da Inteligência apontam que a droga que é transportada por Japurá tem origem na cidade de La Pedrera, na Colômbia, com destino à capital amazonense e a outros estados.

Operação em São Gabriel da Cachoeira

Nesta quinta-feira (3), a Secretaria de Segurança Pública, em conjunto com a Polícia Civil e a Polícia Federal, deflagrou a operação ‘Adana’ e cumpriu seis mandados de busca e apreensão, em pontos distintos de São Gabriel da Cachoeira, contra uma organização criminosa que tinha atuação no tráfico internacional de drogas. Os quatro presos têm 18, 21, 37 e 42 anos.

Foram apreendidos 23,6 quilos de maconha tipo skunk, uma balança de precisão, R$ 18 mil em espécie e 4.200.100 pesos colombianos, dois motores de popa, duas armas de fogo, dois automóveis, um notebook e anotações.

A operação contou com a participação de efetivos do Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc) e o Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera).

Apreensões de drogas

De janeiro a setembro de 2020, as Polícias Civil e Militar apreenderam mais de seis toneladas de entorpecentes no Amazonas. No mês passado, uma operação do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), da Polícia Civil, apreendeu mais de 1 tonelada de entorpecentes em Manaus. Foi a maior já realizada em via terrestre na capital.

Além das drogas, as polícias prenderam mais de 620 infratores pelo crime de tráfico de drogas, só em Manaus. Outras 209 pessoas foram presas suspeitas de associação para o tráfico.

Também participaram da coletiva de imprensa o comandante de policiamento militar do interior, coronel Franclides Ribeiro, o comandante de policiamento metropolitano, coronel Flávio Diniz, e o coordenador do Grupo Fera, delegado Juan Valério.

Com informações de assessoria