Pabllo Vittar sofre ataques homofóbicos de consumidores de loja conhecida

Foto: Reprodução / Internet / Google

A drag queen, ao ser anunciada nesta segunda-feira (25) como uma das garotas-propaganda de uma famosa loja de departamento, acabou gerando muito rebuliço na web. Na postagem onde a polêmica foi instaurada, a empresa divulgou Pabllo como uma das artistas escolhidas para promover a campanha de Black Friday deste ano. As informações são do site RD1

Revoltados com a contratação da cantora, muitos internautas demonstraram repúdio na internet, e , mais do que isso, prometeram boicote à loja.

Quem lacra não lucra! Não compro nessa loja e não recomendo”, declarou uma usuária do Facebook. “Agora não compro mais nada nessa loja”, apoiou outra.

“Estava pensando em comprar uma TV 60 polegadas 4k. Desisti… vou comprar em outra loja que não concorde com essa aberração”, disparou mais uma. “Eu até ia tirar meu cartão, mas desisti agora mesmo… tô fora”, acrescentou uma quarta pessoa.

Houve até quem prometesse boicote à marca, após o anuncio da parceria com a cantora de“Amor de Que”. “Nunca mais compro no Magazine”, disparou outro internauta. “É sério isso? Essa pessoa disse que sairia do Brasil. Não foi ainda?”, ironizou um terceiro.

Apesar dos comentários maldosos, também apareceram os fãs da transformista para defendê-la. “Um bando de pobre dizendo que vai parar de seguir e comprar. Não tem nem dinheiro para pagar o mínimo da fatura do cartão”, debochou um admirador de Pabllo Vittar. “Maravilhosas! Arrasam muito. Ignorem os preconceituosos”, declarou outra.

Fonte RD1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui