Paciente com câncer terminal recebe diploma de enfermeira

Foto: Geovana Albuquerque

Diagnosticada com câncer terminal, uma paciente do Hospital de Apoio de Brasília, no Setor Noroeste, realizou o sonho de se formar em enfermagem. Em solenidade nessa quinta-feira (23) na unidade de saúde, Ana Cristina Gualberto (foto em destaque), 44 anos, recebeu do Conselho Regional de Enfermagem do Distrito Federal (Coren) uma certificação simbólica e inédita.

Antes de ficar doente, Ana Cristina, que recebe cuidados paliativos, estava no último ano do curso de enfermagem, mas teve que interromper os estudos.

Após a solenidade, ela fez questão de colocar o jaleco, orgulhosa, com seu nome e o da profissão bordados. Depois, se confraternizou com os amigos e agradeceu a todos: “Foi tudo especial, agradeço os profissionais, os voluntários e os amigos. É um sonho concretizado”, disse ela.

Os amigos acompanharam o momento marcante. “Sempre soube do sonho dela. Fez o estágio depois de passar por uma quimioterapia. Andava longa distância para poder ir para a faculdade. Todos os professores sempre a elogiavam”, pontua Márcia Maria de Araújo, que estudou na mesma faculdade.

O sonho foi realizado a partir da percepção e sensibilidade dos funcionários do hospital.“ Percebemos o grande amor da paciente pela profissão e nos mobilizando para realizar o sonho”, destaca a psicóloga Giselle de Fá Lima.

Ana recebeu a primeira carteira de Enfermeira Honorária do país. A paciente chegou ao Hospital de Apoio no dia 14 de janeiro e fez questão de reforçar o amor que nutre pela profissão.

“Eu sempre gostei de cuidar de pessoas, com amor, por isso queria ser enfermeira. Não acreditei quando falaram que eu iria realizar o meu sonho, pensei que era brincadeira. A carteirinha profissional era algo tão difícil de conquistar”, ressaltou.

As informações são do Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta.