Paciente da FCecon volta para casa com escolta surpresa do BPTran após receber alta

foto: Laís Pompeu/FCecon

O dia 15 de outubro de 2020 ficará marcado na memória de Irlene Pires de Assis, de 57 anos. Nesta quinta-feira (15), a paciente da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), unidade vinculada à Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), recebeu alta após uma cirurgia na mama e foi acompanhada até sua casa, na zona leste de Manaus, por batedores do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), da Polícia Militar do Amazonas (PMAM).

A ação foi idealizada pelo BPTran, em parceria com a FCecon, para reforçar o alerta às mulheres sobre o cuidado com a saúde, que é o objetivo do Movimento Mundial Outubro Rosa.

“Essa foi uma iniciativa do Batalhão de Trânsito, através do comandante, o tenente-coronel Eyderson, e sob a coordenação do capitão Frota, e a ideia é chamar atenção para o câncer de mama fazendo homenagem para uma paciente que está em tratamento. O objetivo é realmente atuar na Atenção Primária e levar informações e conhecimento para as pessoas do quanto é importante a investigação do câncer de mama e o diagnóstico precoce”, disse a chefe do serviço de Fisioterapia da FCecon, fisioterapeuta Patrícia Chagas, uma das organizadoras da ação.

Para o tenente-coronel Eyderson, comandante do BPTran, a iniciativa foi uma união de forças das instituições de Segurança e Saúde, em um momento especial para a paciente.

“Todas as instituições públicas estão voltadas para o mesmo fim, que é o bem comum. Assim como a Saúde, a Segurança trabalha para garantir ao cidadão uma qualidade de vida melhor. Nós achamos que, neste momento da campanha do Outubro Rosa, seria muito interessante unirmos as forças da Polícia Militar e da Saúde, num momento tão especial, que é a recuperação do paciente, a sua alta”, afirma o comandante do BPTran.

Surpresa

A ação foi totalmente surpresa para a paciente Irlene, que agradeceu emocionada. “Eu estou maravilhada. Agradeço a Deus pela vida das enfermeiras, fisioterapeutas, dos médicos. Agradeço a Deus por tudo e estou muito maravilhada com a presença de cada um de vocês”, disse Irlene.

A paciente realizou o tratamento de quimioterapia neoadjuvante, onde o tumor em uma de suas mamas foi reduzido. E, na terça-feira (13/10), passou pela mastectomia (retirada de uma das mamas). No próximo mês, Irlene deve começar as sessões de radioterapia.

A paciente deu um recado às mulheres que estão enfrentando o câncer de mama. “Eu quero dizer pra todas as mulheres que tiverem com a situação que nem eu, ou pior: não desista do Senhor, acredita! Porque a Fundação Cecon é um hospital muito bom, só basta nós crermos em Deus. Não desista, mulher! Vão a fundo no tratamento de vocês e confiem no Senhor”, afirmou a paciente.

Escolta

Após a homenagem dos batedores do BPTran, Irlene foi levada em uma escolta especial para sua casa, no bairro Gilberto Mestrinho, zona leste de Manaus.

A iniciativa, realizada no Outubro Rosa, foi uma importante ação social, na avaliação da gerente do serviço de Mastologia da FCecon, mastologista Hilka Espírito Santo. “É importante a própria polícia, que tem um papel social, reconhecer a importância do Outubro Rosa, hoje com um olhar na paciente, um ser individual, que está passando por esse momento difícil, que é o tratamento do câncer de mama”, disse.

Com informações da assessoria