Pacientes curados da Covid-19 buscam fortalecimento muscular com ‘choques’

Foto: Divulgação

air da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) depois de contrair a Covid-19 é só o primeiro passo. De acordo com a médica Mariana Suzuki, de 30% a 60% dos pacientes acaba com uma complicação que precisa de tratamento específico depois da cura: a fraqueza muscular

E para contornar esse sintoma, uma técnica que envolve “choques” tem sido bastante procurada em Cuiabá. É a Eletroestimulação Muscular (EMS).

Leia a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Portal Manaus Alerta