Pai e filho são presos acusados de cometer homicídio juntos, no Amazonas

foto: Erlon Rodrigues/PC-AM

Cláudio Roberto Flexa de Souza, 44 e Kallel Aparício Flexa, 21, pai e filho, respectivamente, foram presos pelos crimes de homicídio e tentativa de homicídio, ocorridos no dia 22 de dezembro de 2017, vitimando Breno da Silva Ferreira, de idade não revelada. O caso e as prisões ocorreram em Rio Preto da Eva e as prisões efetuadas pela 36ª Delegacia Interativa nesta quarta-feira (17).

De acordo com o delegado Henrique Brasil, titular da 36ª DIP, os cumprimentos dos mandados ocorreram após a unidade policial receber, por meio do Disque Denúncia, informações sobre a localização dos dois fugitivos. Eles estavam no quilômetro 135 da Rodovia AM-010, no Ramal 7. Os dois foram presos em residências separadas por 800 metros uma da outra.

Entenda o caso

No dia 22 de dezembro de 2017, Cláudio Roberto teria pedido um cigarro para Jessé Azevedo Ferreira, que se recusou a atender o pedido, pois, momentos antes, o homem havia negado cerveja para ele. Com a recusa, Cláudio partiu para a agressão física. Durante a briga, Miguel dos Santos Silva Neto entrou na confusão para ajudar Jessé, enquanto Kallel entrou para defender seu pai.

Entretanto, Kallel estava armado com uma faca e após Cláudio segurar Jessé, o filho desferiu inúmeros golpes contra a vítima. Nisso, na tentativa de ajudar Jessé, Breno da Silva Ferreira também foi ‘agarrado’ por Cláudio e esfaqueado na altura do peito por Kallel. Breno veio a óbito no local e Jessé sobreviveu ao crime.

Procedimentos

Os mandados de prisão foram expedidos no dia 24 de maio de 2019, pelo juiz Mauro Moraes Antony, da 3ª Vara do Tribunal de Júri. Cláudio Roberto Flexa de Souza e Kallel Aparício Flexa foram presos, nesta quarta-feira (17), passaram pelo exame de corpo de delito e ficarão à disposição da Justiça na unidade policial.

Com informações da assessoria