O pai de 27 anos e a madrasta, de 23, foram detidos- foto: divulgação/Polícia

REVOLTANTE- Após denúncias, uma criança de apenas 6 anos submetida a cárcere privado e maus-tratos, foi resgatada nesta quinta-feira (7), por policiais militares da 1ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), na comunidade ribeirinha Lago Azul, no rio Tarauacá, município de Eirunepé, distante 1.159 quilômetros em linha reta de Manaus. A ação contou com o apoio de conselheiros tutelares do município.

Segundo informações da assessoria de imprensa da Polícia Civil, policiais militares juntamente com dois conselheiros tutelares de Eirunepé e de dois enfermeiros, logo se deslocaram para o local da denúncia a fim de verificar a situação.

Chegando lá, policiais e conselheiros puderam confirmar a denúncia após encontrar a vítima, uma criança de 6 anos de idade, vivendo em condições de cárcere privado, sujeita a maus-tratos, numa situação mantida pelo próprio pai de 27 anos de idade e sua madrasta, uma mulher de 23 anos.

Após os procedimentos legais, a vítima foi retirada do local, acompanhada pelos enfermeiros e pelos conselheiros tutelares, para acompanhamento médico e psicológico na sede do município.

Seus responsáveis foram detidos e encaminhados para a Delegacia Regional de Polícia de Eirunepé onde foram flagranteados por maus-tratos e cárcere privado de menor idade.

Por Manaus Alerta com informações da assessoria