Pai espanca filho de 3 anos que usou batom: “Não quero viado em casa”

3
Uma irmã da criança avisou a mãe sobre as agressões, enviando uma foto das costas da vítima muito machucadas. Foto: REPRODUÇÃO GOOGLE STREET VIEW

Um homem de 41 anos espancou o próprio filho, de apenas 3, após a criança sujar o corpo de batom. O menino foi surrado com chineladas enquanto o suspeito dizia: “Não quero viado em casa”. O crime aconteceu na noite dessa segunda-feira (8/4), em Uberaba (MG).

Informações do Boletim de Ocorrência da Polícia Militar apontam que os pais da vítima são separados e ela, que vive com a mãe, passa os fins de semana com o pai. O garoto estava com uma irmã mais velha, fruto de um outro relacionamento da genitora.

Um homem de 41 anos espancou o próprio filho, de apenas 3, após a criança sujar o corpo de batom. O menino foi surrado com chineladas enquanto o suspeito dizia: “Não quero viado em casa”. O crime aconteceu na noite dessa segunda-feira (8/4), em Uberaba (MG).

Informações do Boletim de Ocorrência da Polícia Militar apontam que os pais da vítima são separados e ela, que vive com a mãe, passa os fins de semana com o pai. O garoto estava com uma irmã mais velha, fruto de um outro relacionamento da genitora.

Foi ela quem enviou uma mensagem para a mulher avisando das agressões. “Olha o que o pai do [nome da criança] fez com ele”. Além disso, a jovem mandou uma foto das costas do menino, que estavam bastante machucadas.

Ao buscar os filhos, a mulher e a adolescente foram ameaçadas pelo acusado. Ele enviou mensagens nas quais dizia que “as duas não sabiam de nada da vida e iam se ver com ele”. Ainda assim, a Polícia Militar foi acionada.

Aos policiais, a irmã afirmou que o garotinho sequer passou o batom nos lábios, apenas sujou algumas partes do corpo. Ele foi levado ao Hospital da Criança do município. Encontrado, o homem confessou o crime, mas disse não ter tido intenção de machucar. Além disso, afirmou ter feito uso de bebida alcoólica antes de bater no filho.

Fonte: Metrópoles