Pais e responsáveis podem agendar visita para conhecer protocolos de saúde nas escolas estaduais

Foto: Michell Mello/Secom

Estar seguro quanto à ida dos filhos às escolas neste retorno às aulas presenciais do Ensino Fundamental é um ponto primordial para os pais, que resolveram visitar as unidades de ensino para checar os procedimentos adotados pela Secretaria de Estado de Educação e Desporto, e ficar mais confiantes de que a pasta está atenta aos protocolos. Após a visita, a certeza dos cuidados para prevenção deu a segurança que eles buscavam.

A vendedora Neuziane Silva e a cobradora Nubia Rocha, mães dos estudantes Yuri Lucas Silva e Yasmim Rocha, respectivamente, visitaram, nesta segunda-feira (28), a Escola Estadual de Tempo Integral (Eeti) Prof. Djalma Batista, na zona sul de Manaus, e foram recebidas pela gestora da unidade, Jéssica Coelho.

Os pais e responsáveis que desejarem podem agendar a visita por meio de contato direto com a gestão escolar a partir desta quarta-feira (30). As equipes estão orientadas pela secretaria a receber os responsáveis em horários alternados, evitando aglomerações e apresentando as adequações realizadas.

Durante a visita, as mães visitaram todos os espaços que os filhos vão voltar a frequentar a partir desta quarta-feira (30), quando retornam as aulas presenciais. Corredores, refeitório, banheiros, biblioteca e salas de aulas inspecionados pelas responsáveis, que aproveitaram para tirar dúvidas sobre o distanciamento e os procedimentos adotados.

Neuziane disse estar mais tranquila com o que viu. “A preocupação é em como eles vão lidar com essa nova adaptação, que é bem diferente do que eles estavam acostumados. Acho que os pais podem ajudar dando orientação de como se lida com o distanciamento dos coleguinhas, enfatizando o risco para a saúde deles e dos familiares, caso não sigam os protocolos”, avaliou a vendedora.

Núbia, por sua vez, disse que encontrou a escola bem preparada, com os funcionários bem orientados, mas, ainda assim, vai seguir com os cuidados que vem tendo desde o início da pandemia de Covid-19.

“Com a parte da escola eu fico tranquila, e espero que os pais tenham esse mesmo cuidado fora daqui. Além de manter a higienização, eu já orientei a Yasmim sobre não compartilhar os objetos pessoais, como lápis, caneta, borracha e não dividir, em hipótese alguma, a máscara e o copo. Ela tem que pensar na saúde dela e na nossa família, que tem pessoas do grupo de risco”, explica a cobradora.

Os estudantes acompanharam as mães na visita e também pensaram nos cuidados. “Espero que meus colegas saibam entender as medidas de segurança, usem a máscara, o álcool em gel, tudo isso”, disse Yasmim. “Acho que um ou outro vai fazer alguma brincadeira, mas a gente tem que respeitar os protocolos”, acrescentou Yuri.

Preparação – A gestora da Eeti Djalma Batista, Jéssica Coelho, tem recebido pais que querem visitar a escola e se mostra satisfeita com a preocupação dos responsáveis. Ela faz questão de mostrar a unidade e tranquilizá-los, mostrando a sinalização, explicando a formação dos professores na Jornada Pedagógica, a reestruturação do currículo e de toda infraestrutura da escola.

“Além da sinalização, a gente conta com todo o corpo de professores, que vai estar orientando esses alunos e que tem, na primeira semana, todo o trabalho dos protocolos. Será um trabalho contínuo para que os alunos obedeçam essa sinalização, esse distanciamento nas áreas comuns e dentro das salas de aula”.

Retorno – As aulas presenciais do Ensino Fundamental dos Anos Iniciais e Finais retornam, nesta quarta, com as turmas divididas em grupos A e B, que frequentarão as aulas em dias intercalados e de forma híbrida, com aula presencial e on-line.

(*) Com informações da Secretaria de Estado de Educação e Desporto