Para não deixar de votar, eleitor adapta cadeira de rodas ‘anti-Covid’

Foto: Reprodução

Na contramão para exercer o direito de cidadão e votar nestas eleições, o eleitor de 46 anos, Jacknes Lima, que possui atrofia muscular espinhal (AME), adaptou sua cadeira de rodas para criar uma espécie de “tanque à prova de Covid-19”. O caso aconteceu na manhã deste domingo na cidade Feira de Santana, interior da Bahia. A AME é uma doença degenerativa que atinge os neurônios.

Segundo Jacknes Lima, ele não saía de casa desde 20 de março deste ano.

“Aqui é anti-Covid. Eu tenho problema, uma patologia, e tenho que me proteger, porque sou grupo de risco. Tenho oito meses que não saio de casa”, falou.

Para garantir a segurança, Jacknes adaptou um guarda sol e uma lona de plástico em volta da cadeira de rodas. Desta forma, ele se sentiu seguro para votar neste domingo.

Segundo o eleitor, não havia possibilidade dele faltar nesse dia de eleições.

“Isso aí está fora de cogitação. Se eu e me eximir das minhas responsabilidades, outras pessoas farão por mim. Eu tenho que exercer minha cidadania, para poder cobrar a todos eles o que é de direito”, afirmou.

As informações são do portal G1 BA.