Passageira é esquecida dentro de avião por companhia canadense

Avião da Air Canada - Foto: Arpingstone

Uma mulher, identificada como Tiffani Adams, relatou que ficou presa dentro de um avião no mais movimentado aeroporto do Canadá. Através de uma publicação em sua rede social, a passageira disse que pegou no sono e não desembarcou da viagem que fez de Quebec a Toronto. A companhia Air Canada confirmou o incidente, ocorrido o dia 9 de junho.

“Eu acordei por volta de meia-noite, poucas horas depois de o avião pousar, com muito frio e ainda amarrada na minha poltrona, na escuridão completa”, contou a mulher.

Segundo a BBC, Tiffani ainda telefonou para uma amiga, mas a bateria do celular acabou em menos de um minuto, pois não havia uma fonte de energia para recarregar o aparelho.

Porém, a curta ligação foi suficiente para que a amiga dela entrasse em contato com a administradora do aeroporto Toronto-Pearson para avisar do ocorrido.

Enquanto isso, Tiffani procurou por uma lanterna para tentar atrair a atenção de alguém. Ela conseguiu destravar a porta e sair do avião, auxiliada por um funcionário que cuidava das bagagens dos voos. Segundo a imprensa canadense, a equipe do aeroporto levou uma escada para tirá-la da aeronave.

A Air Canada, então, ofereceu carona em uma limousine e um hotel para cuidar da passageira. Tiffani, no entanto, recusou – a mulher queria voltar para casa “o mais rápido possível”. Agora, ela tenta se recuperar do susto.

“Eu não durmo direito, tive pesadelos recorrentes, e venho acordando ansiosa e com medo de estar presa em algum lugar escuro”, escreveu Tiffani, segundo a rede de TV canadense CTV.

Fonte: G1