Cidades

Pastor critica feriado do Dia do Evangélico: ‘Acabar com a palhaçada’

Foto: Reprodução

O presidente da Igreja Batista Central de Brasília, pastor Ricardo Espíndola, postou um vídeo polêmico no qual critica o Dia do Evangélico, feriado distrital comemorado em 30 de novembro.

Na mensagem, publicada em redes sociais nesta segunda-feira (29), o pastor diz não saber “qual é a necessidade de parar a cidade” durante a semana. “É para comemorar o quê? Dia do Evangélico? Dia da Consciência Evangélica? Acho que tudo tem limite. Para quem é empresário, é um dia perdido”, afirma.

Espíndola defende que, para o culto, os evangélicos usem um dia de descanso, como o sábado, em vez de transformar um dia da semana em um feriado exclusivo. O pastor também critica o fato de não haver feriado semelhante para outras religiões, como a espírita. “Direitos iguais para todo mundo”, afirma.

Confira a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta