Pastor nega batismo a jovem de cabelo crespo: “Não é de crente”

Foto: Daniel Ferreira/Metrópoles

Um pastor da igreja evangélica “Assembleia de Deus” negou-se a batizar uma jovem negra de 16 anos por causa do seu cabelo, em Jacobina (BA). De acordo com informações do site Bahia Notícias, o homem afirmou que a garota não possui “cabelo de crente“.

Na ocasião, a adolescente participava de um curso na instituição quando a palestrante elogiou seu cabelo. Em seguida, o pastor começou a atacá-la verbalmente. “Ele pegou o microfone e disse que eu não seria batizada porque meu cabelo não servia para ficar na igreja“, relatou.

Segundo testemunhas, o local estava lotado no momento em que o pastor cometeu o ato racista. “Ele a chamou para uma reunião e disse que ela poderia assinar o formulário de batismo”, informou a amiga da vítima, Martha Miranda, 24 anos.

Ainda de acordo com Martha, a situação foi humilhante e em nenhum momento ele pediu desculpas. “O pastor ainda disse para ela mudar o cabelo, pois, segundo ele, cabelo crespo não é cabelo de crente. Isso a deixou ainda mais chateada e ela deixou de frequentar a igreja”, desabafou

Fonte: Metrópoles.