Paula Toller, vocalista do Kid Abelha, entra com ação na Justiça contra Haddad e PT

1207
Foto: Reprodução

A cantora e vocalista da banda Kid Abelha, Paula Toller, entrou na Justiça contra Fernando Haddad e o Partido dos Trabalhadores (PT) após utilização indevida da música “Pintura Íntima” durante as campanhas presidenciais em outubro de 2018. Na época, a artista teria pedido ao PT que impedisse ativistas de usarem a canção para promover Haddad, porém, não foi atendida.

Segundo a coluna Direto da Fonte, do Estadão, a cantora entrou com uma ação contra o partido e Haddad como uma das detentoras dos direitos autorais da canção. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) determinou que todos os vídeos que continham o refrão do hit fossem retirados das redes sociais.

Agora, Paula está pedindo R$ 200 mil ao PT pela utilização indevida de imagem e obra. Na petição consta que a propaganda usava imagens de Jorge Irael, integrante do grupo e, em seguida, a autora surgia cantando e dançando os versos “Fazer amor de madrugada, amor com jeito de virada”.

Fonte: Metrópoles

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui