Paulo Guedes tenta reverter demissão do presidente do Banco do Brasil

FOTO: MARCELO CAMARGO/ AGÊNCIA BRASIL

O ministro da Economia, Paulo Guedes, tenta reverter a saída do presidente do Banco do Brasil, André Brandão, do cargo. Após reação negativa do anúncio de fechamento de 361 agências do banco, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) teria decidido demitir o executivo.

As ações da bolsa do Banco do Brasil indicavam queda de 5,01% às 17h40, desta quarta-feira (13/1), logo após crescerem os rumores de saída de André Brandão, indicado por Bolsonaro em setembro, para substituir Rubem Novaes.

Leia a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta