Pedidos de seguro-desemprego têm alta de 1,9%

Foto: Reprodução

O número de pedidos do seguro-desemprego aumentou 1,9% no ano passado, segundo dados da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia. Com uma diferença de quase 130 mil a mais do que em 2019, foram 6,784 milhões de solicitações do benefício em 2020.

Apesar do aumento no ano passado, nos últimos três meses de 202 houve uma queda consecutiva nos números. O Brasil registrou 425.691 solicitações de seguro-desemprego em dezembro, um recuo de 4,6% frente a novembro, quando foram feitos 446.372 pedidos.

O pico de solicitações foi registrado em maio, quando o número chegou a 960.308, seguido por abril, com 748.540 solicitantes. Os meses com maiores registros foram aqueles em que a crise provocada pelo novo coronavírus se acirrava no país.

Em relação aos setores que mais solicitaram o benefício, o de serviço liderou com cerca de 2,8 milhões do total de requerimentos, o equivalente a 41%.

Confira a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta.