Pesquisa da CDC/Aleam aponta diferença de até R$ 84 no valor da cesta básica em Manaus

Foto: Mauro Smith

Em pesquisa realizada nos últimos dias 6 e 7 de agosto, a Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (CDC/Aleam) constatou uma diferença de até R$ 84 no valor da cesta básica em Manaus. As equipes da Comissão percorreram cinco supermercados nas zonas Norte, Centro-Oeste e Centro-Sul da capital e verificaram que o preço da cesta básica varia de R$ 222,29, a mais barata, a R$ 307,12, a mais cara.

O levantamento da CDC/Aleam teve como foco 26 itens considerados de primeira necessidade, entre material de limpeza, higiene e alimentos.

De acordo a pesquisa, a cesta mais cara, R$ 307,12, foi encontrada no supermercado Baratão da Carne, enquanto a mais barata está no Vitória Supermercado, por R$ 222,29, ambos localizados na Zona Centro-Sul de Manaus.

Entre os itens que mais apresentaram variação de preços está o feijão carioca (1kg de R$ 7,19 a R$ 9,29); leite em pó integral (400g de R$ 8,89 a R$ 10,19); cartela de ovos (30 unidades de R$ 11,90 a 17,90); e farinha (1kg de R$ 4,29 a R$ 5,79).

Na avaliação do presidente da CDC/Aleam, o deputado estadual João Luiz (Republicanos), os preços dos produtos podem variar em até 50%, como é o caso da cartela com 30 ovos, mas para quem deseja economizar a dica é pesquisar.

“Acredito que, para o momento e em qualquer outra situação, o consumidor deve pesquisar bem antes de fazer as compras. Essa é a melhor forma de economizar. A pesquisa apontou que, apesar da pouca diferença de valor entre um item e outro, a melhor opção é mesmo colocar o montante a ser gasto na ponta do lápis, pesquisar e comprar apenas o básico, evitando os supérfluos, que encarece, ainda mais, as compras do mês”, ponderou.

A pesquisa da CDC/Aleam da cesta básica é realizada mensalmente nos estabelecimentos comerciais de Manaus.

As informações são da assessoria