Pesquisadores de Hong Kong afirmam que exame de fezes é mais seguro para testar Covid-19 em crianças

Foto: Masahiro Ikeda

Pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade Chinesa de Hong Kong (CUHK) sugerem que médicos usem os exames de fezes para a detecção do novo coronavírus em crianças e bebês, mesmo na ausência de sintomas gastrointestinais – incluindo vômitos, diarreia e dor de estômago.

Segundo estudo publicado na segunda-feira (7), na revista médica GUT, a carga viral da Covid-19 nas fezes dos pacientes pediátricos é muitas vezes maior do que em adultos. E pode ser equivalente a amostras respiratórias das pessoas mais velhas.

O estudo analisou a amostra de fezes de mais de 2 mil crianças sem sintomas da doença e outras que desembarcavam no aeroporto de Hong Kong em 29 de março. Seis delas tiveram resultado positivo para a infecção.

Leia a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Portal Manaus Alerta