Petrobras coloca em operação duto para aumentar oferta de gás de cozinha

Foto: Vinícius Cardoso Vieira
Manaus Alerta
Postado por Manaus Alerta

Na busca para estabilizar o abastecimento de Gás Natural Liquefeito (GLP) no país, depois de reduzir a capacidade nas suas refinarias, ao mesmo tempo em que aumentou a demanda pelo produto, a Petrobras colocou em funcionamento um gasoduto para entregas em Mauá (SP), que conecta a estação de São Bernardo do Campo à Refinaria de Capuava (Recap), que começou a operar desde terça-feira (7).

“Com o funcionamento do duto desde segunda (6), as entregas em Mauá aumentaram de 1.000 para 3.300 toneladas por dia, equivalente a 254 mil botijões (de 13 quilos) por dia”, informou a estatal.

O aumento de consumo está sendo puxado pelo isolamento social, com a população cozinhando mais em casa. A grande procura fez o preço disparar no mercado interno, apesar da queda drástica do preço do petróleo no mercado internacional. Mesmo assim, o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, admitiu na semana passada que estava havendo “faltas pontuais” do produto, que afeta principalmente as famílias de baixa renda.

Além do gasoduto, a Petrobras informou que no próximo dia 10 chega no porto de Santos (SP) a terceira carga de GLP importado. Desde o dia 30 de março, a companhia já importou o equivalente a 4,7 milhões de botijões de 13 Kg.

“A terceira embarcação, prevista para chegar em Santos no dia 10/04, irá descarregar mais 24 mil toneladas de GLP. As três cargas equivalem a 6,5 milhões de botijões adicionais no mercado”, disse a Petrobras em nota.

O volume total contratado em abril para importação é de 350 mil toneladas, equivalente a 27,4 milhões de botijões de 13kg. A empresa reforçou que não há risco de falta de produto nem há qualquer necessidade de estocar botijões de gás de cozinha.

As informações são do CB


Deixe um comentário