Piscicultores de Nova Olinda do Norte recebem ações de capacitação da Sepror

Foto: Arquivo Sepror

A Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), por meio da Secretaria Executiva Adjunta de Pesca e Aquicultura (Sepa), realizou, de 16 a 20 de agosto, ações de capacitação e apoio ao licenciamento ambiental junto a 25 piscicultores familiares de Nova Olinda do Norte (distante 135 quilômetros de Manaus). A ação faz parte do Programa Pró-Piscicultura, que prevê a profissionalização de aquicultores do estado do Amazonas.

O secretário executivo adjunto da Sepa, Leocy Cutrim, disse que a realização das ações de apoio aos piscicultores atende a demandas que chegam de forma permanente à Sepror. “Essas demandas chegam de todos os municípios onde a piscicultura é uma prática de produtores familiares, e faz com que seja melhorada cada vez mais a criação e produção de peixes, beneficiando com melhor renda e contribuindo decisivamente para melhoria da qualidade alimentar da população e economia estadual”, afirmou Leocy.

O curso de capacitação em “Boas Práticas de Manejo e Gestão na Piscicultura” destacou a regularização ambiental da atividade e acompanhamento e gerenciamento da produção, e foi coordenado pelo engenheiro de pesca Andresson Amâncio e pelo biólogo Philip Auzier.

As atividades de apoio aos piscicultores do município de Nova Olinda do Norte aconteceram também com a participação do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-Amazonas), que desenvolveu no curso o tema empreendedorismo, fortalecendo a visão de negócio da atividade na piscicultura.

A Unidade local do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal do Amazonas (Idam) e a Secretaria Municipal de Produção Rural de Nova Olinda do Norte, foram responsáveis pela organização e logística, que permitiu reunir produtores rurais de diversas comunidades do interior do município para os dois dias de atividades, sendo um de aula teórica e outro de prática.

As informações são da assessoria