Polícia Civil recupera veículo roubado em Iranduba e pede apoio da população para localizar autor do roubo

(FOTO: DIVULGAÇÃO/PC-AM)

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), situada em Iranduba, sob o comando do delegado Fábio Aly, titular da unidade policial, com o apoio de servidores lotados no Posto Policial Integrado (PPI) do Distrito de Cacau Pirêra, recuperou na tarde de quinta-feira (18/01), por volta das 15h, em Iranduba, município distante 27 quilômetros em linha reta da capital, um veículo roubado no lugar no dia 22 de dezembro de 2017.

De acordo com Aly, o automóvel, da montadora Chevrolet, modelo Montana, de cor preta e placas adulteradas, foi encontrado em uma área de mata situada na Comunidade Cristo Rei, em Iranduba. A autoridade policial explicou que o carro foi roubado durante a madrugada, por volta das 4h, em um instituto de desenvolvimento agropecuário situado naquele município.

“No dia do delito, dois infratores encapuzados invadiram o local e renderam um funcionário que dormia no instituto. Em seguida subtraíram oito notebooks, dois televisores, seis aparelhos de GPS e um motor de popa, além do automóvel em questão, utilizado pelos infratores para empreenderem fuga do lugar”, informou o delegado.

Conforme o titular da 31ª DIP, na manhã de ontem (18/01), os policiais civis receberam delações, feitas ao número (92) 98818-4120, o disque-denúncia da unidade policial, informando a localização de um automóvel abandonado naquela região de Iranduba. Fábio Aly ressaltou que o veículo foi encontrado em uma área de difícil acesso, nas proximidades da Comunidade Cristo Rei, às margens do Rio Solimões.

Identificação – Durante as investigações em torno do caso, os policias civis identificaram Sandro Nascimento Salvino, 35, como mentor do roubo. O infrator é fugitivo desde o dia 1º de janeiro de 2017 do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), onde cumpria pena, regime fechado, por homicídio.

Fábio Aly enfatizou que um Inquérito Policial (IP) foi instaurado em torno do caso. Ele disse, ainda, que as investigações continuam com o intuito de localizar e prender os infratores que cometeram o roubo. A autoridade policial solicita, a quem puder colaborar com informações ou denúncias que auxiliem na elucidação do crime, ligar para o número (92) 98818-4120, o disque-denúncia da 31ª DIP. “Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, garantiu o delegado.